terça-feira, 3 de maio de 2011

I wish you a beautiful day.



Todos os dias acordamos e enfrentamos uma nova paisagem, há dias negros... Dias que não enfrentamos, nos escondemos da vida, passamos o dia deitados em uma cama, com medo, com uma tristeza tão pesada que funciona como a gravidade agindo contra nós sempre nos deixando para baixo e naquele momento não encontras força para lutar, é um oceano sem fim, de tudo que se sabe, apenas é conhecido que ele é gelado, negro e extremamente profundo.

O dia pode ser cinzento, nublado e pesado. Quando o mesmo termina sua única certeza é que perdestes mais um dia de sua vida, que trabalhastes mais no automático do que ativamente em seu cérebro, com o vazio no seu coração sem uma gota de preenchimento... Quantas vezes enfrentamos e enfrentaremos dias assim nas nossas vidas? não se sabe dizer, mas não tenho memória significativa e boa deles, são os dias de transição entre o bom e o ruim, são os dias de total falta de apetite pela vida.

Há dias que as cores começam a voltar, que algumas coisas começam a fazer sentido e o apetite pela vida volta, devagar pois tempo demasiado foi gasto de barriga vazia e não aguentarás um banquete, surgem novas oportunidades, novas pessoas em sua vida, como também gente esquecida ressurgem das cinzas e você só passa a dar mais valor ainda a esse tipo de ser e com a pequena fagulha de luz que surge, você já consegue ver as coisas diferentes.

Depois de um certo tempo, quando acordares, verás que a intensidade do brilho do sol é tão forte que mal consegues abrir teus olhos, tens apetite para tudo, queres viver tudo, amar cada pequeno detalhe de seu dia, ser melhor, evoluir, conquistar. São esses dias que seus sentidos estão mais apurados, consegues destinguir cada cor, cada cheiro. Viver a vida com esse apetite é a coisa mais bela que se pode existir, é nesses dias que você está bem consigo mesmo, que você está lutando pelos seus sonhos e principalmente, são os dias que você está guardando para sempre em sua memória, os melhores dias de sua vida... Quando acordares depois desses dias turbulentos em um dia tão ensolarado assim, tenha uma certeza: "esse é o primeiro dia do resto de sua vida".

Tenha sempre a certeza de que a mudança virá, que tudo realmente passa. Tempo é uma medida diferente para cada ser, enquando de um lado do planeta é noite no outro é uma bela manhã ensolarada, sei que achamos que isso não vai passar, que a ferida não vai fechar, o pessimismo toma conta de nós, principalmente nos dois primeiros tipos de dias, mas de um jeito ou de outro quando o raio de sol invadir seu coração você vai começar a se sentir aquecido e mais forte, aliás, você já passou por esse ciclo de dias muitas vezes em sua vida.
 
Nem sempre se faz sol, às vezes é necessário que a chuva caia, que o dia fique cinza... Somos feito as árvores, precisamos tanto de sol, quanto de chuva para crescer, dar frutos e florecer.
(Pablo Fonseca)

8 comentários:

  1. Texto lindo, Pablo. Assim como tu o que vc escreve. Adoro a forma como vc descreve os fatos, me identifico muito. Mas diz a verdade, uma dessas pessoas que ressurgem das cinzas sou eu né kkkkkkkkkkkkkkkk. Bjos.

    ResponderExcluir
  2. 'Tenha sempre a certeza de que a mudança virá, que tudo realmente passa.'
    Não precisa nem ter dúvida quanto a isso.

    ResponderExcluir
  3. É que tem gente que vive o agora para sempre =\

    ResponderExcluir
  4. Texto massa =D, preciso dizer que me identifico muito com ele tb?? acho que todo mundo sabe como é esse sentimento... ninguem saberia o que é felicidade sem ter sofrido antes :D

    aguardo a proxima atualização!

    ResponderExcluir
  5. Lindo demais Pablo! Como todos aqui, me identifiquei muito. É necessário realmente muita força para sair de momentos assim, onde só conseguimos enxergar coisas negativas. A questão é, onde conseguir essa força...Temos que nos apegar as mínimas coisas boas que acontecem, e tb aos detalhes da vida que as vezes nem percebemos nem damos valor. E de pouquinho em pouquinho vamos conseguindo sair da greve de fome para aguentar o banquete.
    =*

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Oie, te achei sem querer no twitter de Nayara, muito massa seu blog.

    Sobre o texto; as vezes me sinto assim, e do nada esqueço e começo a enchegar as tristezas de uma forma diferente, pois td muda, e pq não os dias cinzentos?!

    Parabéns!

    Kassinara Sena (Primavera' haha)

    ResponderExcluir
  8. Eu sei quem é, sou desmemoriado mas não tanto! uhaeuhaeuhae x) obrigado.

    ResponderExcluir